segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Eleições!

               No dia 9 de Dezembro estiveram reunidos pais, alunos, professores, técnicos e funcionários da escola para eleger a equipe gestora, regidos pelos princípios da democracia e cidadania. Sagrou-se vitoriosa (97% - "Nós podemos") a única chapa inscrita composta Auzeni andrade, diretora, Joseane dos Santos, Edleuza Pimentel e Maurilio Cesar, adjuntos.
            Entre as propostas Disseminação das oito metas do milênio no espaço escolar;  Garantias de acesso as novas mídias; implantação de sistemas de monitoria, entre outras, de fundamental importância para a vida escolar. Veja as fotos em http://picasaweb.google.com/emefruycarneiro

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO!!!

"Metas para o milênio" 
Dia de atividades que traz como riqueza no acadêmico o potencial dos alunos. O temas abrangem os valores essenciais de mudança para o mundo, convidando os alunos a pesquisa, ao trabalho em equipe e apresentação para toda a comunidade escolar. Para isso, professores orientaram e ajudaram no contexto como um todo. 
As temáticas giraram em torno das metas do milênio. Aproveite este artigo e dê uma olhada nas fotos em http://picasaweb.google.com/emefruycarneiro
Parabéns alunos e professores!
Equipe técnica.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Conhecendo de quem se fala


As aulas de inglês tem muito a ensinar aos nossos alunos. Numa feira promovida pela professora Maria Tereza os alunos das turmas do 9º ano expuseram aspectos culturais e geográficos de vários países de língua inglesa.
 
A aula teve como ponto de culminancia a exposição dos materiais pesquisados pelos alunos, na forma de evento turístico, para que a comunidade escolar pudesse conhecer mais sobre outras culturas.[mais imagens da feira em http://picasaweb.google.com/emefruycarneiro]
por Ricardo Dumont

Muita história em visita ao santuário da Guia

                    A Igreja de Nossa Senhora da Guia fica a cerca de 4km do Centro de Lucena e está localizada no topo de um penhasco - de lá se pode avistar a praia, ao longe, e toda a vegetação predominante. Toda a fachada da Igreja é esculpida em pedra calcária, onde se destaca o barroco tropical, estilo da época do início de sua construção (século XVII)¹. Nossos alunos poderam desfrutar de um espaço belo onde um pedaço de nossa história está abraçada a natureza. As imagens do passeio podem ser vistas em picasaweb.google.com/emefruycarneiro.
 ¹fragmento de texto extraído de http://www.qype.com.br/place/424213-Santuario-de-Nossa-Senhora-da-Guia-Lucena, em 01/12/2010, 17:38.

370 mil m² de história

                O centro histórico da cidade João Pessoa, reconhecido como patrimônio histórico nacional (ano 2008) pelo IPHAN recebeu a visita de nossos alunos, orientados por monitores, muitos tiveram seu primeiro contato com o conjunto arquitetônico pessoense. Belezas espalhadas por 370.000 m² de construções e natureza. Na foto ao lado nossos alunos visitam o conjunto sacro da praça D. Adauto, mais conhecida como a praça do palácio do bispo. Lá estão a cúria metropolitana, a igreja de Nossa Senhora do Carmo e sua ordem terceira. E o casarão de fachada de azuleijos portugueses.
mais fotos em picasaweb.google/emefruycarneiro



terça-feira, 23 de novembro de 2010

CADERNETA de SAÚDE do ADOLESCENTE

        Na tarde de hoje os alunos do ensino fundamental II receberam cadernetas confeccionadas pelo ministério da saúde em colaboração com diversas secretarias estaduais de saúde. Temas abordando saúde, sexualidade, vacinas e motivação sobre nossos adolescentes e suas transformações. 
      Na coordenação e apresentação, Dra Tereza Neuma, dentista, enfermeira Roseli José Henriques e as ACS Suzete Tito, Maria Edvalda Silva e Zeine Ferreira da Silva. A distribuição do material ocorreu concomitante ao uso de recursos visuais, no espaço do Laboratório de Informática educativa.
      

"Informática Educativa: reflexões e propostas" - 4º WTE

Abertura do 4º WTE - 17/ 11/ 2010
WTE - workshop de tecnologia na educação

          A 4ª edição do Workshop de Tecnologia na Educação (WTE) foi realizada pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), nos dias 17 e 18 de Novembro, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes.
         Oficinas sobre livro digital, hipertexto, produção e edição de vídeo se voce (educador) foi então nossas aulas em 2011 serão muito mais ricas e dinâmicas. Palestras de educadores da UFPB que, entre outros temas abordaram a educação a distância, a produção de materiais multimidiáticos e novos desafios e competências na educação apoiada por tecnologias da informação.

por Katia Davim e Ricardo Dumont
         

sábado, 14 de agosto de 2010

Guia do Ensino Fundamental de 9 anos

Em 2010, a entrada das crianças de 6 anos no 1º ano vai mexer com as escolas. Confira aqui como ensinar os conteúdos a eles sem passar por cima da infância

Arthur Guimarães e Bianca Bibiano (novaescola@atleitor.com.br)
Ilustrações: Mariana Coan/Fotos: Paulo 
VitaleIlustrações: Mariana Coan/Fotos: Paulo Vitale
 
Já no início do próximo ano letivo, uma nova turma vai começar a circular por corredores e classes das escolas de Ensino Fundamental. Cumprindo as determinações do governo federal, em 2010 todas as redes de ensino do país devem matricular os alunos de 6 anos no 1º ano.

Muitas cidades e estados já estão se responsabilizando gradualmente - e em diferentes velocidades - pelo atendimento às crianças que antes estariam em salas de Educação Infantil (veja o quadro abaixo). Isso porque, desde 1996, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) sinaliza que oito anos eram "a duração mínima" necessária ao Ensino Fundamental - e não a máxima.

Os objetivos do Ministério da Educação (MEC) com o aumento do número de anos da Educação Básica obrigatória são vistos como um avanço. "A inclusão dessa clientela é um grande passo para a democratização do acesso escolar. Apenas os filhos das classes mais pobres não estudavam aos 6 anos", analisa Patrícia Corsino, que leciona Prática de Ensino de Educação Infantil na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Veja a reportagem completa em http://revistaescola.abril.com.br/politicas-publicas/legislacao/prepare-se-novo-aluno-esta-chegando-496498.shtml.

extraido de http://revistaescola.abril.com.br/politicas-publicas/legislacao/prepare-se-novo-aluno-esta-chegando-496498.shtml em 1408/2010 as 08:10

terça-feira, 8 de junho de 2010

Curso Introdução à Educação Digital

O Curso Introdução à Educação Digital está acontecendo em 36 escolas da rede. Os educadores da rede municipal aprendendo a explorar o computador e seus recursos.
Na escola municipal Senador Ruy Carneiro as atividades ocorrerão nas terças, manhã e tarde. Quintas, nos três turnos e nos sábados pela manhã. No laboratório de informática.

terça-feira, 1 de junho de 2010


ESCOLA DIGITAL
Promovendo encontros de formação como os professores do EJA com vistas a integração de ações.As fotos ao lado são do último encontro ocorrido no dia 28 da Maio de 2010.

novas máquinas

      Na tarde de ontem chegaram a escola Senador Ruy Carneiro 18 máquinas conseguidas via PROINFO. Recebidas por katia Davim, monitora, e a direção. A entrega foi feita por uma equpe da DTIC. O equipamento conta com fones de ouvido, tela LCD e impressora. 
Agora o laboratório conta com dois sistemas instalados windows xp e linux educacional. Mas as novas máquinas ainda não foram instaladas. Até logo.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Visita da equipe de profissionais do PROJOVEM, Emef Sen. Ruy Carneiro, ao laboratório de informática educativa.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Pesquisa sobre DSTs e AIDS (SIDA)

Os alunos do 5º ano realizaram consultas a rede mundial de computadores sobre o tema "dst e aids". Buscaram informações sobre contagio, prevenção e os tipos comuns de doenças sexualmente transmissiveis e a aids (sindrome da imunodeficiencia adquirida). Ainda visualizaram alguns exemplos de danos causados ao corpo humano usando google imagens. Na supervisão dos trabalhos a professora Ligia, Katia Davim e Ricardo Dumont. É a escola digital promovendo inclusão e educação. 




quinta-feira, 20 de maio de 2010

Ciclo I e ditados digitais

       A turma da professora Celia esteve no laboratório exercitando o portugues. Os alunos foram incentivados a digitar palavras que descrevessem os comodos de suas residencias e os objetos que lá se encontram. Usamos um editor de textos e a boa vontade de nossos alunos em aprender. Estiveram presentes nesta noite nove alunos. Na foto acima ve-se a professora Celia auxiliando uma aluna.

Ação Interdisciplinar parte 2

Na segunda semana de atividades os alunos 9º ano começaram a produzir a capa dos seus trabalhos. Recursos como adicionar sons, efeitos de transição entre outros foram passados a eles. E procedimentos de para aquisição de imagens via web.
Quanto aos recursos didáticos para execução dessa oficina contamos com papel, lapis, borracha, projetor digital e os computadores (11 máquinas). E o trabalho continua...

digitar palavras


Convidamos os alunos da professora Dalva para um primeiro contato com a informática. 25 alunos para 11 computadores. Que sufoco! Pra piorar nem todas as máquinas inicializaram o gcompris. Qual a saída?
Partimos pra uma experiência que em muito agrada aos alunos, escrever com o auxilio do computador. Há quem diga que nossos alunos não estão "a fim" de escrever com o pc e sim jogar. Nem tanto! Sugerimos os nomes deles, e nomes de lugares e coisas do seu cotidiano (trem, casa, rua, polícia, etc). Resultados: concentração e empolgação.
Os maiores problemas para nossos alunos ainda estão focados no processo de leitura. Contudo a experiência de hoje foi uma vitória para eles e para nós.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Ação Interdisciplinar

Contar a história do continente que sediará a Copa do mundo de Futebol. Falar de seu povo, cultura e espaço geográfico. Este é o exercício proposto para os alunos do 9º ano, turmas A e B, nas disciplinas curriculares de geografia e história.

Mas vamos contar de uma forma diferente. Sem a cartolina ou "o hidrocor" (quem tem méritos) lançaremos mão do computador como aliado no processo. Criando apresentações que potencializem a criatividade dos alunos no trato do tema.
Na equipe os professores Virgínia (geografia) e Mônica (história). E os monitores mediadores de tecnologia, como oficineiros Katia Davim e Ricardo Dumont.
As atividades do projeto tiveram início na última quarta-feira e culminam no dia 17 de junho com a apresentação dos alunos e suas produções.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

IV ENSOL – Transmissão ao vivo


“Após meses de trabalho voluntário e incontáveis horas organizando o que hoje é um dos maiores eventos de Software Livre do Nordeste, o Grupo de Usuários GNU/Linux da Paraíba, G/LUG-PB e o Projeto Software Livre, PSL-PB, têm o prazer de anunciar a abertura do IV ENSOL, Encontro de Software Livre da Paraíba, a partir de ontem.

Para aqueles que não puderem vir, o evento contará com transmissão online ao-vivo (http://ensol.gigahost.com.br) e flashes que serão constantemente atualizados no nosso Twitter (http://twitter.com/ensol).

Esperamos que todos aproveitem ao máximo este magnífico evento e que o Software Livre seja cada vez mais difundido através da nossa sociedade!
http://www.ensol.org.br/” [referência: ensol.org.br]

texto de: Fernando Brito (emailΘfernandobrito·com) - extraido de http://br-linux.org/

7/05/2010 7:00

quinta-feira, 6 de maio de 2010

IV Encontro de software livre da Paraíba


Começa hoje, 6 de maio de 2010, o IV Encontro de software livre da Paraíba, na estação cabo branco no altiplano, JP/PB. caravanas de todas as regiões e os monitores mediadores de tecnologia Katia Davim e Ricardo Dumont, presentes.
Pela manhã as palestras BrOffice. org por Claudio Filho e o projeto Educatux
por Sheila Aciole foram prestigiadas por nossos monitores.
Na foto Mrs Katia Davim e Mr Jon "maddog" Hall.
texto Ricardo Dumont

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Seminário de Mídias Digitais reúne especialistas e estudiosos em JP

Internet e televisão ocupam espaços de destaque entre as novas tecnologias e, ao invés de brigarem por espaço, as duas plataformas estão trabalhando em conjunto para oferecer ao público uma participação mais ativa em suas programações.Confira as informações completas sobre o evento no portal www.paraiba1.com.br. E pra não esqueçer os monitores mediadores de tecnologia da Escola Municipal Senador Ruy Carneiro estiveram presentes. "É Mais conhecimento para um melhor trabalho".

fonte do texto (exceto no formato italico)

http://www.paraiba1.com.br/Noticia/40971_SEMINARIO+DE+MIDIAS+DIGITAIS+REUNE+ESPECIALISTAS+E+ESTUDIOSOS+EM+JP.html

sexta-feira, 30 de abril de 2010

SÍLABAS

Formar palavras a partir da junção de sílabas é um dos exercícios usados na prática do desnvolvimento da leitura.
Como ferramenta de colaboração nesse processo usamos um software que oferece em sua interface uma sequência aleatória de sílabas. Onde os alunos selecionam com cliques, para formar palavras simples.
Na atividade desenvolvida contamos com a presença da estagiária Luciana Martins do curso de Pedagogia (9º período UFPB) e nossos alunos do 2º ano, turno manhã. Com o retorno a sala de aula haveria a socialização dos resultados, ou melhor, os alunos apresentariam as palavras formadas aos colegas e a professora.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Zé Ramalho é homenageado no Ano Cultural 2010 da PMJP

18h09 24/03/2010

foto

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), lança nesta quinta-feira (25) o Projeto Ano Cultural 2010, que homenageia o cantor e compositor paraibano Zé Ramalho, artista que com sua música amplia a visibilidade do Estado e rompe as fronteiras regionais. O lançamento será às 15h, no Auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria.

Valorizar e estimular a produção intelectual de todos que fazem a rede municipal de ensino é a principal meta do Projeto Ano Cultural, que este ano tem como foco principal a educação musical, já que a área de atuação do homenageado é a música. O ponto alto da programação será a realização de um festival de música, direcionado aos estudantes do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A obra de Zé Ramalho estará presente no cotidiano das escolas da rede municipal de ensino como subsídio para ações educacionais e culturais a serem desenvolvidas por estudantes de todos os níveis da educação do município.

Premiação - A produção textual continua sendo o objetivo do Prêmio Estudante Destaque, ação que em 2010 premiará três estudantes de cada escola com notebook sendo: um do primeiro segmento de ensino fundamental; um do segundo segmento de ensino fundamental e um da EJA. Este ano os Creis (Centro de Referência da Educação Infantil) também podem concorrer ao Prêmio Projeto Interdisciplinar, promovendo ações educacionais que envolvam todos os segmentos da escola ou Crei.

Ano Cultural - O projeto está sendo desenvolvido desde 2007 e tem como meta homenagear personalidades paraibanas que se destacam no cenário cultural brasileiro. Na sua 1ª edição, o homenageado foi Ariano Suassuna. Em 2008, foi a vez do poeta José Lins do Rego, e em 2009 foi o poeta, professor e jornalista Sérgio de Castro Pinto. As propostas foram bem aceitas e abraçadas pelas escolas da rede municipal de ensino, que geraram ações interdisciplinares focadas na vida e obra desses artistas, resultando em uma significativa construção de conhecimento, através da leitura e produção textual e expressiva.

fonte:http://www.joaopessoa.pb.gov.br/noticias/?n=13501; extraído em 28 de abril de 2010 as 09:13

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Festa da Páscoa


Imbuídos do espírito da páscoa a equipe de educadores da nossa escola promoveu as festividades alusivas a este período. O evento ocorreu na tarde do dia 31 de março, no ginásio da escola.
Atividade artísticas, música e sorteios de cestas recheadas de chocolates com os participantes fizeram parte da programação.
Na equipe técnica, aplicando os recursos tecnológicos, nossa colega Katia Davim. Coordenando, também, estavam os professores Alan, artes; Mario, Inglês; Minerva, ensino Religioso; Erivam (Mc), portugues; supervisora, Bianca. Na direção geral da escola, professora Auzeni.
por Ricardo Dumont

terça-feira, 23 de março de 2010


Como montar o laboratório de informática e fazer uma boa gestão deste espaço

Pesquisa da FVC mostra que internet e computadores já chegaram. O desafio, agora, é colocá-los em uso

Como organizar o laboratório: veja no infográfico as recomendações para que esse espaço seja bem utilizado. Ilustrações: Luciano Veronezi. Clique na imagem para ampliar

O computador e a internet já são uma realidade nas escolas. Pesquisa encomendada pela Fundação Victor Civita (FVC) ao Ibope mostra que a falta de recursos não é mais obstáculo para a maioria das instituições. O levantamento, feito em 400 escolas públicas de 13 capitais, mostrou que 98% têm computador, e 83%, acesso à internet. De cada quatro instituições, três possuem laboratório de informática. O desafio agora é mantê-lo aberto e estimular professores e alunos a usar o espaço.

"Em muitas unidades, a sala com computadores fica trancada e só uma pessoa tem a chave", comenta Roberta Panico, coordenadora pedagógica do Centro de Educação e Documentação para Ação Comunitária (Cedac) e consultora da NOVA ESCOLA GESTÃO ESCOLAR. Muitos gestores têm medo de que os equipamentos sejam danificados e por isso proíbem o seu uso. Contudo, uma sala bem montada e bem gerenciada só traz benefícios. Veja no infográfico acima algumas recomendações do Ministério da Educação (MEC) para a montagem do espaço. E no quadro abaixo, alguns cuidados para evitar problemas com os equipamentos.
O estudo da FVC mostrou que há muito a avançar na utilização do espaço. Em apenas 61% das unidades, os professores faziam algum uso pedagógico dos computadores e, muitas vezes, para a digitação de textos ou pesquisas próprias sem a participação dos alunos. Entre as instituições com laboratório de informática montado, 18% não o usam com os estudantes. Os equipamentos chegaram à escola, mas não ao cotidiano dela.

texto extraído do sitio eletrônico: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/diretor/como-montar-laboratorio-informatica-tecnologia-computadores-539180.shtml?page=2

Cuide bem para usar sempre

Ilustração: Luciano Veronezi

Mantenha a máquina ligada
Desligar o computador várias vezes ao dia pode causar desgaste desnecessário. Se houver previsão de uso em poucas horas, deixe-o ligado e desligue apenas o monitor.

Ilustração: Luciano  Veronezi

'Gatos' não são bem-vindos
Os computadores não devem compartilhar tomadas com outros equipamentos, como enceradeiras e ar-condicionado, pois a oscilação de energia pode causar danos.

Ilustração: Luciano Veronezi

Retire as capas antes de usar
As capas evitam poeira enquanto as máquinas estão desligadas, mas devem ser retiradas, inclusive da CPU, sempre que o aparelho for usado para que não impeçam a ventilação.

Ilustração:  Luciano Veronezi

Comida e teclado não combinam
O laboratório de informática precisa ser protegido de sujeira. Migalhas de comida e líquidos podem causar danos ao equipamento. Proíba alimentos nas bancadas.

Ilustração: Luciano Veronezi

Paredes livres de encanamentos
Infiltrações e umidade causadas por vazamentos em instalações hidráulicas podem causar danos aos aparelhos. Para instalar o laboratório, escolha uma sala longe de encanamentos.


A utilização dos micros deve entrar no planejamento do professor


texto extraído do sitio eletrônicohttp://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/diretor/como-montar-laboratorio-informatica-tecnologia-computadores-539180.shtml?page=1


Para se tornar uma ferramenta de aprendizagem, o laboratório de informática precisa entrar no projeto político pedagógico da escola. A professora de Educação, Tecnologia e Mídias da Universidade Estadual da Paraíba Roseane Albuquerque Ribeiro afirma que a discussão em torno do propósito dos equipamentos e as possibilidades que eles trazem estimula o uso. "Quanto menos a equipe domina a tecnologia, maior a necessidade de saber para que serve e, então, buscar uma forma de encaixá-la nas aulas", diz.

Cada professor deve incluir a utilização dos micros no planejamento de suas aulas. Para evitar a falta de conexão com o conteúdo, Roseane propõe que a equipe faça a seguinte pergunta: que necessidades dos alunos o computador pode sanar nessa disciplina? "É fundamental que a informática auxilie na aprendizagem dos conteúdos", afirma. Na opinião dela, o foco no tema também ajuda o professor a superar o medo da tecnologia. "Uma vez definido o que o educador quer fazer, a equipe gestora deve buscar ajuda com a parte técnica. Pode ser com outros professores, contratando um profissional ou mesmo pedindo o apoio dos alunos, que, em geral, podem contribuir."
Outra forma de estimular o uso do laboratório é abrir a agenda. Além de organizar um contato mínimo de cada classe com as ferramentas tecnológicas, deve haver um quadro de horários em exposição para que professores e alunos possam agendar atividades extras nos horários livres. Para isso, o laboratório deve passar a maior parte do tempo aberto ou ter disponíveis pelo menos duas cópias das chaves - uma na secretaria e outra com o inspetor ou monitor de plantão. A montagem do cronograma mínimo é essencial para garantir que nenhuma turma deixe de ter acesso aos micros e à internet.

Pesquisar este blog

Geografia com mapas!

Seguidores