sábado, 14 de agosto de 2010

Guia do Ensino Fundamental de 9 anos

Em 2010, a entrada das crianças de 6 anos no 1º ano vai mexer com as escolas. Confira aqui como ensinar os conteúdos a eles sem passar por cima da infância

Arthur Guimarães e Bianca Bibiano (novaescola@atleitor.com.br)
Ilustrações: Mariana Coan/Fotos: Paulo 
VitaleIlustrações: Mariana Coan/Fotos: Paulo Vitale
 
Já no início do próximo ano letivo, uma nova turma vai começar a circular por corredores e classes das escolas de Ensino Fundamental. Cumprindo as determinações do governo federal, em 2010 todas as redes de ensino do país devem matricular os alunos de 6 anos no 1º ano.

Muitas cidades e estados já estão se responsabilizando gradualmente - e em diferentes velocidades - pelo atendimento às crianças que antes estariam em salas de Educação Infantil (veja o quadro abaixo). Isso porque, desde 1996, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) sinaliza que oito anos eram "a duração mínima" necessária ao Ensino Fundamental - e não a máxima.

Os objetivos do Ministério da Educação (MEC) com o aumento do número de anos da Educação Básica obrigatória são vistos como um avanço. "A inclusão dessa clientela é um grande passo para a democratização do acesso escolar. Apenas os filhos das classes mais pobres não estudavam aos 6 anos", analisa Patrícia Corsino, que leciona Prática de Ensino de Educação Infantil na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Veja a reportagem completa em http://revistaescola.abril.com.br/politicas-publicas/legislacao/prepare-se-novo-aluno-esta-chegando-496498.shtml.

extraido de http://revistaescola.abril.com.br/politicas-publicas/legislacao/prepare-se-novo-aluno-esta-chegando-496498.shtml em 1408/2010 as 08:10

Pesquisar este blog

Geografia com mapas!

Seguidores